Acic apoia plano municipal de combate ao Aedes em Caruaru

 em Notícias

Nesta quarta-feira (16), a Acic recebeu a secretária de Saúde de Caruaru, Aparecida Souza, para uma reunião sobre o plano de combate ao Aedes Aegypti no município. O encontro tratou da importância da vigilância nos canteiros de obras em andamento. Para isto, representantes das Câmaras Setoriais da Construção Civil e da Indústria estiveram presentes e se mostraram engajados para o enfrentamento ao mosquito e às doenças transmitidas pelo vetor.

Durante a reunião, os empresários tomaram conhecimento das inscrições para grupos de voluntários que estão sendo formados pelo governo municipal. Os grupos, que serão chamados de “brigadas”, podem ser formados a partir de instituições ou entidades como empresas, associações de moradores e estabelecimentos de ensino. As brigadas serão geridas pela Central de Inteligência Tática da Vigilância em Saúde. Um líder será indicado para participar de um curso de capacitação gratuito que terá início no dia 21 de dezembro, com duração de quatro horas, ministrado pela Secretaria de Saúde.

Através do curso, os líderes serão orientados sobre as fases de desenvolvimento do mosquito e seu comportamento e entenderão as doenças transmitidas pelo Aedes. Os participantes serão certificados e estarão aptos a orientar a comunidade, a empresa e a população de maneira geral em um período de seis meses. Os associados presentes na reunião sinalizaram o interesse em participar da ação de educação em saúde e mobilização da sociedade, enviando líderes que serão multiplicadores de conhecimento nos ambientes corporativos.

As demais empresas vinculadas à Acic irão receber um informativo sobre as brigadas em estímulo a participação. Para efetuar as inscrições, é necessário que o líder envie seu nome completo e o número de um documento de identificação, o nome da brigada e da instituição que representa, além dos nomes dos componentes dos grupos para o e-mail: nep.caruaru@gmail.com ou se dirija a secretaria, que fica na Avenida Vera Cruz, nº 264, no bairro São Francisco, para efetuar o cadastro.

O plano municipal de combate ao mosquito contempla ações intersetoriais, de qualificação dos trabalhadores, de estabelecimento de fluxo assistencial aos pacientes e de mobilização da população. Ainda de acordo com Aparecida Souza, em Caruaru, os bairros do Salgado, Santa Rosa, Centenário e o Boa Vista registram maior número de casos de contaminação pelo Aedes Aegypti, que é responsável pela Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

DSC08260 ')}