Cônsul Comercial dos Estados Unidos faz nova visita a Acic

 em Notícias

Esta é a segunda vez que ele visita a Instituição com o objetivo de identificar oportunidades de negócios em Caruaru

Na tarde desta quinta-feira (03) a Acic recebeu, mais uma vez, a visita do Cônsul Comercial dos Estados Unidos, Eric Olson.

Foi mais um passo no sentido de estreitar as relações comerciais com uma das cidades que mais crescem no Nordeste e identificar oportunidades de negócios que possam render bons frutos para o Brasil e para os Estados Unidos a partir das relações criadas com Caruaru.

A reunião contou com a presença dos diretores e coordenadores de câmaras setoriais da Acic, além de representantes de instituições de Ensino Superior e outras associações comerciais da região, como foi o caso da Acit, de Toritama.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico de Caruaru, Erich Veloso, responsável pela vinda do Cônsul, explicou que o objetivo das visitas têm sido sensibilizar o consulado americano para que Caruaru seja contemplada com investimentos e possa participar de um intercâmbio de negócios.

O Presidente da Acic, Osíris Lins Caldas, falou da importância de ter acesso a um canal como este e abrir as portas para que empresas de Caruaru possam estabelecer relações comerciais com empresas americanas e ter acesso a linhas de crédito, por exemplo.

O Consul ratificou a intenção de criar uma relação comercial com a Capital do Agreste e disse que o seu objetivo é facilitar a entrada de empresas americanas em Caruaru, bem como fazer o caminho inverso: abrir espaço para empresas caruaruenses fazerem negócios nos Estados Unidos.

Entre os assuntos abordados estiveram a participação das empresas locais em feiras de negócios americanas e a possibilidade de acesso das empresas a uma agência de desenvolvimento americana por intermédio do consulado.

“A sede do nosso consulado fica no Recife, mas queremos sair um pouco da Capital. Entendemos que no interior existe um mundo de oportunidades. Por isso, viemos conhecer a Cidade e as necessidades dos empresários para identificarmos os pontos que podemos trabalhar juntos”, revelou o Consul. ')}