Dicas auxiliam empreendedores com perspectivas econômicas de 2015

 em Notícias

O ano de 2015 começou com perspectivas negativas para a economia brasileira, devido à fatores como o aumento de impostos e limitação do crédito. Segundo o Índice de Confiança do Empresário de Pequenos e Médios Negócios no Brasil (IC-PMN) divulgados hoje (20), no site da Revista Exame, os empreendedores acreditam faturar e investir menos neste ano.

Três fatores são apontados como importantes para os gestores que pretendem sair da crise mais fortalecidos no mercado. O primeiro deles, de acordo com o site especializado em economia, é projetar os resultados através do controle de custos e observação das finanças. O ajuste de custos e despesas aparece em segundo lugar como medida a ser adotada pela adequação dos gastos a nova realidade das receitas das empresas.

Em terceiro lugar, o chamado Orçamento Base Zero se mostra como opção. Este tipo de orçamento sugere a divisão das saídas de caixa em três categorias distintas que compreendem as saídas necessárias à operação do negócio, as despesas que garantem o grau de competitividade da empresa e os gastos superficiais. Desta maneira, é possível saber quais contas devem ser eliminadas e quais possuem prioridade de investimento. ')}