Ex-ministro do TSE fala sobre Reforma Política na Acic

 em Notícias

Publicada em 04 de julho de 2017

No último dia 04 de julho o ex-ministro do Tribunal Superior  Eleitoral (TSE) e mestre em Direito pela Universidade de Harvard, Joelson Dias, esteve na Acic para participar de uma reunião com empresários, políticos e profissionais da área de Direito. O tema foi a Reforma Política e Eleitoral e a relação com outras reformas essenciais para o Brasil, que estão na pauta do Congresso Nacional.

Estiveram presentes Pedro Miranda, presidente da Acic, integrantes da Diretoria da Associação, além do juiz José Fernando dos Santos, do auditor da Receita Estadual, Saulo Freitas, do presidente da Associação das Empresas de Transportes de Ônibus (AETPC), Adolfo José, dos empresários Adolfo José Júnior e Jaldérico Xavier, do presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru, Lula Torres e do líder do Governo na Câmara, vereador Leonardo Chaves.

“O cidadão e cidadã têm direito de participar da elaboração de todas essas propostas. Nós temos uma situação política muito instável, as denúncias têm surgido todos os dias, o que acaba por comprometer, de uma certa forma, a legitimidade para a discussão dessas reformas. O que me parece, então, é que a gente precisa de um pouco mais de tempo, um pouco mais de espaço para incluir mais os sindicatos, os vários segmentos da sociedade na discussão dessas reformas, para que a gente possa chegar, efetivamente, a um projeto, à definição de políticas públicas que, realmente, nos ajude a superar essa crise e traga novamente a estabilidade econômica e política de volta”, ressaltou o ex-ministro Joelson Dias.

O presidente da Acic, Pedro Miranda, destacou a satisfação da Associação em receber o ex-ministro e sediar o encontro. Além disso, falou ainda sobre a importância da discussão desses temas para o cenário atual do País. “A Reforma política é tão ou mais importante do que as outras reformas. Talvez, o ideal fosse que o Congresso antecedesse a discussão desta Reforma. Até porque, no próximo ano teremos eleições. A Acic entende que essas mudanças deveriam ser tratadas paralelamente a outras reformas ou, se possível, até antes das que já estão em andamento e também são necessária para a retomada do crescimento da nossa economia.

 

IMG_9065

IMG_9079 - Cópia

IMG_9089 - Cópia

IMG_9174

IMG_9178 ')}