Inovagreste premia projetos acadêmicos com visões inovadoras e empreendedoras para a sociedade

 em Notícias

Publicado em 06 de julho de 2017

O projeto Inovagreste, promovido pelo Centro Acadêmico do Agreste (CAA-UFPE), teve seu encerramento no último dia 06 de julho no Armazém da Criatividade. A ideia foi selecionar projetos na área de inovação e empreendedorismo dos próprios alunos da UFPE, desenvolvidos na disciplina Projetão. Graduandos de diversos cursos se uniram para montar projetos inovadores e que fossem relevantes para a sociedade.

“A disciplina Projetão nasceu há mais de 15 anos, no campus da UFPE, no Recife. O nosso objetivo é, justamente, fomentar nos alunos o empreendedorismo e a inovação. A gente quer que eles tenham um olhar altruísta para tentar achar oportunidades. Essa é a primeira vez que a disciplina está ocorrendo aqui em Caruaru e tivemos quatro equipes que apresentaram seus projetos e os produtos, todos desenvolvidos ao longo da disciplina”, ressaltou a professora da UFPE Michele Lima.

Representantes de instituições que estão ligadas à incubação de projetos e que têm conhecimento de mercado foram convidados para avaliar os projetos. A Acic foi uma das empresas. Pedro Miranda, presidente da Associação, destacou a importância da ideia da UFPE em unir conhecimentos de alunos de diversos cursos de graduação para a criação de soluções inovadoras e para que enxerguem oportunidades fora da sala de aula.

“O evento, de forma pioneira, mostrou-se como um ponto de partida para que o mundo acadêmico venha a apresentar ao mercado ideias e soluções atreladas à tecnologia e inovação. Além disso, vem dando ao estudante a oportunidade de utilizar a estrutura do Armazém da Criatividade para capacitar e aperfeiçoar os projetos acadêmicos que possam ser transformados em serviços e produtos para o mercado, encontrando oportunidades de negócios, além de criar um ambiente que estimule o empreendedorismo na área de tecnologia” concluiu o presidente das Acic Pedro Miranda.

Os vencedores foram os projetos “Feira Rápida” (1º lugar), aplicativo de localização de lojas no Parque das Feiras de Toritama que permite também anúncio das empresas do Centro de Compras, e o “E aí?” (2º lugar), que também é um aplicativo, porém de entretenimento que reúne programações de restaurantes, casas noturnas, inaugurações, shows e muito mais. O primeiro lugar terá seis meses de Coworking no Armazém da Criatividade para desenvolver o projeto, além de ter vaga garantida na próxima seleção do Programa Mind The Bizz do Armazém. O segundo colocado entrará no processo de incubação da UFPE.

IMG_9241

IMG_9200

IMG_9200

IMG_9188

IMG_9241 ')}