Últimos preparativos para o 11º Salão Imobiliário de Caruaru

 em Notícias

Nos dias 20,21 e 22 de novembro, no terceiro piso do Caruaru Shopping, a Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), através das Câmaras Setoriais dos Corretores de Imóveis (Casecoi) e da Construção Civil, realiza mais uma edição do Salão Imobiliário. No ano passado, o evento contrariou as previsões pessimistas para o setor e gerou o montante de R$ 56 milhões em negócios com 600 imóveis negociados. Participarão 30 empresas da região entre construtoras, incorporadoras, imobiliárias e correspondentes bancários.

Este ano, para orientar o público e garantir a segurança dos contratos fechados, a Empresa de Urbanização (URB) da Prefeitura de Caruaru, o 1º e o 3º cartórios, o Sindicato dos Corretos de Imóveis do Estado de Pernambuco (SINDIMÓVEIS), o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) de Pernambuco e o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) darão suporte aos visitantes evitando qualquer tipo de irregularidade nos processos de compra e venda. Outra novidade é a participação de lojas de material de construção, lojas de móveis e de grupos de arquitetos da Câmara Setorial da Arquitetura da Acic que irão auxiliar os visitantes a sair do evento já com o planejamento de reformas e decoração de casas e/ou apartamentos adiantados.

O coordenador da Câmara Setorial dos Corretores de Imóveis, André Dardenne, evidencia a função do evento de promover o contato com o consumidor final. “Muito se fala em crise, nós preferimos falar em acomodações de preços e de negócios. Nesta edição, o objetivo é fomentar o mercado, inclusive com novidades no formato do evento. Sabemos da importância de agregar valor ao Salão e por isso convidamos mais parceiros, que darão mais segurança aos negócios firmados. Construtoras da capital do Estado estão percebendo o mercado lá mais competitivo, por isso estão encontrando no mercado daqui uma alternativa, são pessoas que estão acreditando nas vendas. Nossa região tem no DNA a criatividade para comercialização”, disse.

  ')}