Vendas do comércio crescem 0,5% em maio, aponta IBGE

 em Notícias

As vendas do comércio varejista cresceram 0,5% em maio, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na comparação com o mês anterior. É a primeira alta do indicador após três meses seguidos de queda. Em abril, o recuo foi de 0,4%.

Em relação a maio de 2013, as vendas do varejo tiveram alta de 4,8%. No ano, a alta acumulada é de 5% e em 12 meses, de 4,9%.

Na passagem de abril para maio, a receita do setor cresceu 1%, segundo o IBGE. Na comparação com maio do ano passado, a alta na receita foi de 11,4%, acumulando altas de 11,2% no ano e de 11,7% em 12 meses.

As oito atividades pesquisadas tiveram alta no volume de vendas em maio ante abril: equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (2,4%); outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,4%); livros, jornais, revistas e papelaria (1,9%); móveis e eletrodomésticos (1,8%); artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (1,2%); tecidos, vestuário e calçados (0,5%); hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,1%); e combustíveis e lubrificantes (0,1%).

Veículos e materiais de construção
Considerando o varejo ampliado, no entanto, que incluir veículos e motos, partes e peças, e material de construção, houve recuo de 0,3% nas vendas em maio, frente a abril. O recuo foi puxado pelo setor automotivo, cujas vendas tiveram queda de 1,9% na mesma comparação. Para os materiais de construção, o recuo foi de 0,3%.

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o setor de veículos e motos, partes e peças acumulou três meses de perdas, com baixa de 6,3%. Em março, a queda fora de 15,9%, e em abril, de 10%.

Também na comparação anual, tiveram queda nas vendas os setores de livros, jornais, revistas e papelaria (-3,2%) e  para Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-2,8%).

com informações do G1

')}